O VOO DAS FAGULHAS

380,00 MT

SINOPSE

Como escritor, felizmente, eu tenho duas costelas, uma mais universalizante outra africana, moçambicana. Por causa da minha educação. Nasci num pais mestiço. O meio era um pequeno bairro. Onde o respeito pelo outro, a convivência, a aproximação, me deram as balizas que me permitem estar bem comigo mesmo, no sentido de quem sou eu, donde tenho e para onde vou. Eu me vejo mestiço. A mestiçagem a que me refiro não tem sustentáculo na cor. A minha matriz é bantu, fascinado pela Ilha de Moçambique, desde logo ponto da mitonímia em relação a esta nação crioula. A província da Zambézia, o vale do Rio Zambeze, tem os condimentos de uma riqueza crioula, mestiça, um baú, um manancial, não sendo apenas uma riqueza, é um grande filão para oferecer ao mundo. A minha escrita, naturalmente, não é isenta deste mosaico lindo. Não é isenta deste imaginário onde se cruzam portugueses, goeses, índios, galegos, árabes, fenícios, brasileiros e bantus. “e isso que augurei oferecer àqueles que gostam de ler-me: um cruzamento de povos e religiões . do antigo colonizador herdei a língua uma ferramenta, um instrumento/arma de arremesso, não para se prostrar ante a ninguém, mas sobretudo para me libertar de todos os prósperos, que ainda há por diante e à volta. Português é a minha língua materna. Dai esta obra, uma junção de poesia erótica com uma dinâmica e entendimento muito forte.

Adelino Timóteo

9789928793799

ISBN 9789928793799
Categoria:
Peso 122 g
Autor

Editora

Alcance Editores