HÁ NEGROS NA BÍBLIA? Referências bíblicas a Kush: pesquisa sobre o pano de fundo africano no estudo da Bíblia Hebraica

715,00 MT

SINOPSE

“ Há negros na Bíblia?” não se deve ler no contexto de tentativas de afirmação rácica, filosofias sobre a negritude ou ainda se confundir com posições radicas de alguns pensadores da Teologia Negra (Black Theology). Absolutamente nada disso. É uma pesquisa séria, sobre realidades do Antigo Testamento, trazidas a lume, para um entendimento cada vez maior do Livro Sagrado. A curiosidade puramente académica que o livro suscita é a de que, se “Há Negros na Bíblia” o que fazem num “documento” surgido no contexto histórico, social, político e religioso do antigo Israel? O estudo da Bíblia pode ser sustentado e iluminado por um pano de fundo africano?

Há influências culturais, linguísticas, religiosas e outras que a África poderá ter deixado transparecer nos escritos bíblicos?

Este livro tem relevância para os historiadores, sociólogos, arqueólogos, linguistas, psicólogos, geólogos e estudiosos das religiões, porquanto abre ainda mais o sentido de que todas as raças do mundo encontram abrigo nesta fé cristã que se revela na Bíblia e move, influência e motiva sociedades em todo o mundo.

ISBN 121288
Categoria:
Peso 253 g
Autor

Editora

LA