SOBRE O AUTOR

Ben Macintyre é colunista e editor-associado no The Times. Trabalhou como correspondente do jornal em Nova Iorque, Paris e Washington. É autor de nove livros incluindo Agente ZigZag, que fez parte da shortlist para o Costa Biography Award e para o Galaxy British Book Award for Biography de 2008, e dos bestsellers Um Espião Entre Amigos, Operação Mincemeat, Double Cross e SAS: Rogue Heroes. Em 2019, O Espião e o Traidor, que conta a história de um espião-duplo do KGB, Oleg Gordievsky, foi n.º 1 do top de vendas do Sunday Times e fez parte da shortlist para o Ballie Gifford Prize e o National Book Awards.

  • O ESPIÃO E O TRAIDOR

    SINOPSE

    O coronel Oleg Antonyevich Gordievsky do KGB estava no auge da sua carreira. Um prodígio dos serviços secretos soviéticos, tinha subido diligentemente nas fileiras, tendo servido na Escandinávia, em Moscovo e na Grã-Bretanha sem qualquer mancha na sua folha de serviços. Agora, com 46 anos, fora promovido a chefe do KGB na estação de Londres, um bom posto, e fora convidado a regressar ao quartel-general para ser formalmente consagrado pelo chefe do KGB.

    «Chegado a Moscovo, Gordievsky avançou confiante pelo meio da multidão no aeroporto. No seu íntimo, contudo, borbulhava um terror surdo. Porque Oleg Gordievsky, veterano do KGB, fiel servidor secreto da União Soviética, era um espião britânico.»

    2.995,00 MT
  • OPERAÇÃO SECRETA

    SINOPSE

    Abril de 1943: um pescador de sardinhas avista o corpo de um oficial britânico a flutuar ao largo da costa espanhola e desencadeia uma série de acontecimentos que vão mudar o curso da Segunda Guerra Mundial.

    A Operação Mincemeat foi o mais bem-sucedido logro alguma vez tentado em tempo de guerra, e com certeza o mais estranho. Enganou os chefes da espionagem nazi, pôs tropas alemãs a correr na direção errada e salvou milhares de vidas ao pôr em campo um agente secreto que era diferente, num aspeto crucial, de todos os espiões anteriores e posteriores: estava morto. A sua missão: convencer os alemães de que em vez de atacar a Sicília, os exércitos aliados planeavam invadir a Grécia.

    Produto da imaginação de um excêntrico oficial da RAF e de um brilhante advogado judeu, o grande engano envolveu um extraordinário elenco de personagens que incluiu um famoso patologista forense, um prospetor de ouro, um inventor, uma bonita secretária dos Serviços Secretos, o comandante de um submarino, três romancistas, um irascível almirante apaixonado pela pesca com mosca e um vagabundo galês morto.

    Esta é a história do mais extraordinário plano de dissimulação alguma vez engendrado pelos espiões de Churchill: uma mentira descarada que viajou de uma cave em Whitehall até à secretária de Hitler.

    2.995,00 MT
  • UM ESPIÃO ENTRE AMIGOS

    SINOPSE

    Kim Philby ficou para a história como o maior desertor da espionagem britânica e a mais importante toupeira soviética. Agente, agente duplo, traidor e um grande enigma, passou aos russos todos os segredos das operações aliadas nos primeiros anos da Guerra Fria. Os seus dois amigos mais íntimos no mundo da espionagem – Nicholas Elliot, do MI6, e James Jesus Angleton, chefe da contra-inteligência da CIA – julgavam conhecê lo melhor do que ninguém, até descobrirem que, afinal, não o conheciam de todo. Esta é uma história de íntima duplicidade; de lealdade, confiança e traição; de pertença a um grupo e de hesitações; de uma guerra ideológica que um homem privilegiado e encantador introduz nos clubes e restaurantes da alta sociedade de Londres e de Washington; de amizades forjadas e sistematicamente traídas. Com acesso a documentos recentemente desclassificados do MI5 e a escritos privados até agora desconhecidos, e com a colaboração de antigos agentes do MI6 e da CIA, esta biografia definitiva revela aquele que será o último grande segredo da Guerra Fria.